As categorias representadas pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel) decidiram aceitar a proposta de reajuste salarial apresentada pela Prefeitura de Belo Horizonte. A proposta aprovada foi de 2,53% de reajuste nos vencimentos e 2,85% no vale refeição.

Na semana passada, os trabalhadores rejeitaram a proposta de reajuste, mas garantiram que não fariam greve. As categorias realizaram assembleias específicas e praticamente todas decidiram recuar e aceitar a proposta – apenas os trabalhadores da educação não aceitaram a proposta.

O aumento é válido para o dia 1º de agosto. De acordo com Israel Arimar, presidente do Sindibel, a negociação por um percentual maior de reajuste será retomada em novembro. “A proposta de reajuste da prefeitura foi de 2,53%, mas a projeção do índice de inflação é superior a isso. O Governo se comprometeu a retomar a negociação em novembro, quando os dados sobre o caixa da Prefeitura e sobre os índices da inflação estarão mais fechados”, afirma.

Além dos reajustes, os servidores negociaram que vão compensar as horas de trabalho dos dias de paralisação aos sábados.

Fonte: http://hojeemdia.com.br/horizontes/servidores-municipais-de-bh-aceitam-proposta-de-reajuste-salarial-1.555631