Fique Ligado
Home » Saiu na Imprensa » O Tempo – Por dia, postos de saúde têm duas ocorrências na capital

O Tempo – Por dia, postos de saúde têm duas ocorrências na capital

Publicado em 28/11/2017 | Categoria: Saiu na Imprensa

Antes das 7h dessa segunda-feira (27), pelo menos cinco pacientes esperavam atendimento na casa de apoio do Centro de Saúde Glória, no bairro São Salvador, na região Noroeste de Belo Horizonte. O momento de vulnerabilidade foi aproveitado por dois homens, que abordaram o grupo gritando “perdeu, perdeu, perdeu”. Os suspeitos levaram celulares, documentos e cerca de R$ 100. Além do prejuízo, eles deixaram traumas. “A gente vem para resolver o problema da gente no médico, e acontece uma coisa dessas. A gente fica mais abalado”, desabafou um paciente de 55 anos, sob condição de anonimato.

A situação não é isolada. Por dia, em média duas ocorrências são registradas em postos de saúde da capital mineira. O caso dessa segunda-feira (27) engrossa as estatísticas. De acordo com números do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG), entre agosto e novembro deste ano foram 260 ocorrências – sendo que 60 delas foram registradas apenas no último mês. Em nota, o sindicato informou que os casos de agressões físicas, verbais ou outros tipos de violência nas unidades da rede de saúde pública em Belo Horizonte estão cada vez mais frequentes. A insegurança, de acordo com o Sinmed, ameaça não só o trabalho dos médicos e demais servidores, mas também os próprios usuários, que muitas vezes têm medo de ir à unidade de saúde. “Mesmo com os protestos e reuniões nas quais o Sinmed-MG abordou esse tema com a prefeitura, até agora, nada de efetivo foi feito”, diz a nota da entidade.

Recorrente. Uma funcionária que trabalha há dois anos no Centro de Saúde Glória afirmou à reportagem, sob anonimato, que a ação de bandidos nos arredores do posto não é novidade. “Em seis meses, essa é a terceira ocorrência. Uma funcionária já teve o veículo roubado enquanto estacionava o carro na hora do almoço”, revelou a mulher.

Em outra ocorrência mencionada pela funcionária, um dos criminosos que estariam fugindo da polícia se escondeu dentro do posto. No ano passado, uma funcionária da limpeza foi assaltada enquanto realizava seu trabalho no exterior da unidade de saúde.

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel), Israel Arimar, a violência nos postos de saúde tem aumentado desde dezembro de 2016, quando os porteiros foram retirados dessas unidades. “Precisamos de um segurança patrimonial 24 horas nos centros de saúde”, considerou.

Agentes atuam em toda a rede de saúde

A Guarda Municipal de Belo Horizonte informou, por meio de nota, que adota uma estratégia na atuação nas unidades de saúde com base na incidência de criminalidade de cada área. As indicações da Secretaria Municipal de Saúde também são levadas em consideração. Guardas são mantidos fixos em 90 postos, em dias alternados.

“O bandido não tem como saber, desta forma, qual dia terá o agente nesta ou naquela unidade”, explicou a nota.

Além disso, o texto ressalta que toda a rede tem sua segurança “garantida com o patrulhamento preventivo motorizado e rondas periódicas e específicas”. As nove Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) da capital têm contado, desde julho, com dois guardas no período noturno.

VEJA TAMBÉM

SAIBA MAIS

Outro caso. Segundo a Polícia Militar, uma mulher foi assaltada pela mesma dupla em uma rua próxima ao centro de saúde do bairro São Salvador.

Anterior. No dia 26 de maio, O TEMPO mostrou o protesto de funcionários e médicos contra a violência em centros de saúde da capital. Na ocasião, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais informou que nos dois meses anteriores tinham sido registradas 40 ocorrências, entre assaltos, agressões, ameaças e arrombamentos nos postos.

Fonte: http://www.otempo.com.br/cidades/por-dia-postos-de-sa%C3%BAde-t%C3%AAm-duas-ocorr%C3%AAncias-na-capital-1.1546885

Comentários

comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>