Fique Ligado
Home » Destaque Slide Home » Trabalhadores do Complexo HOB se reúnem em assembleia

Trabalhadores do Complexo HOB se reúnem em assembleia

Publicado em 06/05/2016 | Categoria: Destaque Slide Home, Geral, HOB

DSC04565

Trabalhadores do Complexo Hospital Odilon Behrens estiveram reunidos na manhã desta última quinta-feira, 5 de maio, em assembleia específica da “Campanha 2016 – Pela garantia de direitos e valorização dos servidores”. Com a presença dos diretores do SINDIBEL Ângela Assis, Marilia Araújo, Bruno Gomes e Carlos Apolinário, os servidores fizeram um levantamento dos principais problemas enfrentados no exercício de suas funções no HOB. Veja abaixo as questões elencadas:

  • Rouparia: estrutura inadequada, com instalação em corredor em local de passagem de pessoas; exposição de trabalhadores e roupas à fumaça de cigarro do pátio.
  • Guichê/Recepção: sobrecarga de trabalho com redução de funcionários (junto com sala 150, redução de 5 para 2 trabalhadores), gerando adoecimento, pressão psicológica e risco de agressão; assédio moral e impedimento de horário para lanches.
  • Posto de coleta do Pronto Socorro e UPA: instalação pequena; falta de máscaras para realizar coleta.
  • Odontologia: ausência de local para conservação de alimentos; ausência de local para recepção aos pacientes; ausência de local para descanso.
  • Assédio Moral e sobrecarga de trabalho na enfermagem: técnicos de enfermagem sem limites de pacientes na triagem; quantidade de trabalhadores na escala insuficientes para atendimento (ex. Triagem, Sala Amarela UPA); falta de gelco, com mais risco de acidentes de trabalho e lesões para pacientes; cotas para uso de luvas e máscaras; equipes incompletas, sem substituição de feristas, licenças médicas e faltas.
  • UPA HOB: escalas de enfermagem não disponibilizadas com antecedência; contra o revezamento entre Triagem e UPA; aumento do abono de fixação; risco de agressão aos trabalhadores na saída da UPA; transporte de materiais biológicos de pacientes e lixo hospitalar por funcionários que caminham entre UPA e HOB.
  • Serviços Gerais e insumos: retorno do recolhimento de roupas nos setores de trabalho (contra o trabalhador entregar sua roupa na rouparia); falta de insumos nos banheiros, papel higiênico, papel de mãos, sabão; limpeza inadequada e pouco frequente dos banheiros; equipes de limpeza insuficientes.
  • Serviço de Fisioterapia: contra o desmonte do serviço de reabilitação do Ambulatório.
  • Novas unidades: garantia de redimensionamento de trabalhadores nas novas unidades de Pediatria e Atendimento às Urgências respiratórias.
  • CEM/Ambulatório: salas com ambiente quente e insalubre.
  • Violência: discutir protocolo de prevenção e atendimento aos servidores vítimas de violência no local de trabalho (ex.: violência sexual sofrida por trabalhadora no Hospital Nossa Senhora Aparecida).

Ao final da assembleia, os trabalhadores encaminharam algumas propostas para otimizar a comunicação entre os servidores do Complexo HOB e marcaram uma nova assembleia para o dia 25 de maio.

Comentários

comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>